Urso

-

Notan

Ampliar
Ampliar
Ampliar
Esta imagem começou com um simples estudo de controle das ferramentas que geram pelos em 3D e acabou virando um case de sucesso do estúdio.

Job








Créditos

Agência

-

Cliente

Notan

Diretor de Arte

Marcos Sampaio

Diretor de Criação

-

Art Buyer

-

Job

Urso

Detalhes do Processo

Este foi um daqueles trabalhos que surgem aos poucos, sem grandes pretenções, mas, conforme vão tomando forma, surge a vontade de contextualizá-los. Foi assim que ele se tornou uma de nossas artes preferidas.

Tudo começou com um estudo de pelos, muitas referências e testes para conseguir simular diferentes aspectos de pelos: coloridos, longos, penteados, secos ou molhados, por isso a ideia de criar um animal parcialmente submerso.

Ao lado, mostramos um pouco do processo de modelagem. Por incrível que pareça, a modelagem de um animal complexo como um urso pode começar com um simples cubo.

Com a modelagem completa e uma malha poligonal adequada, não é difícil posicionar um animal como este. Mas, como o sentido dos pelos molhados depende muito da movimentacão do animal nadando, foi importante posicioná-lo antes de partirmos para a criação dos pelos.

As imagens ao lado também mostram um pouco do processo de criação e edição dos pelos. As diferentes partes do corpo do animal possuem pelos de diferentes comprimentos, sentidos e colorações. Por isso cada uma destas coisas deve ser editada manualmente, procurando sempre ser fiel às referências pesquisadas, e sempre com a preocupação dos efeitos que a movimentação do urso tem em seus pelos.

A iluminação escolhida para a arte vem do fundo, assim a arte teria um pouco de dramaticidade. Por isso utilizamos os dois pontos de luz mostrados na imagem ao lado. Ao atravessar a água, a luz se comporta de uma forma muito particular, gerando um efeito óptico chamado de "caustics". Também foi importante simular esse efeito para dar ao corpo do urso um aspecto de submerso.